Ticker

6/recent/ticker-posts

Acidentes em Jundiaí matam pelo quarto dia seguido


Jundiaí teve nesta quarta-feira (5) seu quarto dia seguido com morte no trânsito. Foi a quinta vítima fatal num curto espaço de tempo, com outros diversos feridos, incluindo um motociclista que teve de amputar o pé após colisão com um carro na avenida 9 de Julho, no final de semana.

Nesta quarta, a vítima foi outro condutor de moto. Trafegando pela rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, ele se envolveu em colisão com uma carreta e morreu ainda no local. 

O veículo chegou a parar sobre as rodas do utilitário e ficou completamente destruído. Já o condutor precisou ser coberto por uma equipe de resgate da concessionária que administra a rodovia. Um procedimento (massagem cardíaca) foi feito para tentar reanimá-lo, mas ele não resistiu. 

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) foram acionados e estiveram no local do acidente. Os trabalhos foram acompanhados por policiais rodoviários e o corpo liberado para exame necroscópico no Instituto Médico Legal (IML).

A polícia ainda desconhece as causas do acidente e deve ouvir em breve o motorista da carreta em depoimento. Não foi divulgada a identidade do motociclista.

Jovem

Nesta terça-feira (4), acidente entre carro e moto já havia provocado a morte da morte da jovem Isabela Fonseca Kulh, de 18 anos, moradora no Parque Almerinda Chaves, em Jundiaí.

Isabela estava na garupa de uma Honda Twister 250 que bateu contra a traseira de um Ford Focus, com placas de Londrina, no Paraná, na altura do km 1 da rodovia Hermenegildo Tonolli, que liga Jundiaí a Itupeva.

Com a força do impacto, ela foi lançada contra o capô do carro e sofreu ferimentos graves. Uma unidade de resgate foi acionada para socorrer a jovem e ela chegou a ser levada ao Hospital de Caridade São Vicente de Paulo. Apesar por passar por cirurgia, ela não resistiu aos ferimentos.


Texto - Imprensa Policial

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!