Alguns beneficiários que estavam na expectativa de receber o Auxilio Emergencial, se depararam com a mensagem que o Auxilio está “em processamento”. O Ministério da Cidadania diz que requerimentos estão passando por uma nova avaliação, ‘realizada a partir das informações mais recentes disponíveis nas bases de dados governamentais’.
O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, eximiu o banco de responsabilidade, e afirmou que todos os nomes enviados pela Dataprev, que faz a gestão dos cadastros de beneficiários do auxílio, receberam o depósito prometido. Segundo a Caixa, são mais de 2,4 milhões de pessoas nascidas em janeiro, grupo que recebeu a primeira parcela do benefício na terça.



Com isso, trabalhadores cujo benefício apresente esse status ainda poderão receber os valores, caso venham a ter o requerimento aprovado. As informações sobre o pagamento serão disponibilizadas depois que o Dataprev processar os lotes remanescentes, reprocessar os retidos no primeiro lote e analisar o público do Bolsa Família.

Ainda segundo o ministério, nos casos em que a aprovação acontecer após a data para a qual estava programado o pagamento da primeira parcela para aquele beneficiário, o recurso será pago após a conclusão do processo.