O colunista Leo Dias disse, em sua coluna no portal Metrópoles, que a família do ator Tom Veiga, que interpretava o Louro José e faleceu há alguns meses, pensa em exumar o corpo por suspeitar que ele tenha sido envenenado.

De acordo também com matéria do Extra, Tom teria tentado mudar o testamento poucos dias antes de morrer, para tirar o nome da ex-esposa, com quem foi casado de janeiro a setembro de 2020. No documento, ela teria direito a 50% dos bens deixados pelo ator, enquanto que o restante ficou para os quatro filhos que ele teve com outras duas mulheres.

Segundo o Extra, os filhos Tom moveram uma ação cível para provar judicialmente a indignidade da ex como herdeira.