A Prefeitura de Itupeva tem feito continuamente o trabalho de fiscalização no comércio em geral, em cumprimento à Fase Emergencial do Plano São Paulo, que visa conter o avanço da pandemia do Coronavírus na cidade.

Além disso, a ação tem por objetivo orientar a população a evitar aglomerações e também participar ou organizar festas em propriedades fechadas (casas, chácaras e sítios).

Essa iniciativa conta com atuação do Departamento de Fiscalização de Comércio e Tributos, Vigilância Sanitária, Guarda Civil Municipal e Departamento de Trânsito e Transporte Público.

Neste feriado prolongado (dias 2, 3 e 4 de abril), a fiscalização será na região central, porém terá maior abrangência nos bairros que concentram chácaras e sítios.




O trabalho desenvolvido na cidade também envolve a questão de conscientização da população. A Prefeitura instalou faixas em supermercados e passarelas – locais com grande circulação de pessoas e com maior visibilidade, assim como, painéis em pontos estratégicos com mensagem que detalha o pior momento da pandemia, indicando os cuidados a serem seguidos: “UTI Lotada; Sem Festas; Sem Aglomerações; Respeite a Lei e Respeite a Vida”.

Outra medida adotada no município é a utilização de carros de som, com mensagem sonora infromando o atual momento da pandemia, a quantidade de internações e de mortes, que batem recordes a cada dia no Brasil e na região, enfatizando a seguinte frase: respeite as normas de distanciamento social; bares, restaurantes e demais serviços devem apenas fazer atendimento delivery ou drive-thru. Estão proibidas festas e aglomerações em qualquer lugar.

Balanço – De 26 a 31 de março, foram orientados 164 proprietários de estabelecimentos comerciais. Desta quantidade, 11 estabelecimentos foram autuados, por descumprimento das orientações apresentadas pela equipe de fiscalização.

Serviço – Para mais informações, dúvidas, reclamações, denúncias de aglomeração e funcionamento inadequado de estabelecimentos comerciais, entre em contato com a Ouvidoria Municipal pelo telefone 156, (11) 4591-4259 e (11) 4496-2688 (WhatsApp) e também pelo aplicativo eOuve.