Segundo balanço da Secretaria de Saúde, até esta quinta-feira (1) já foram imunizadas 4.941 pessoas (pelo menos com a primeira dose) em Itupeva. Para que a vacinação contra o Coronavírus tenha sucesso, uma logística é planejada e seguida.

É o Ministério da Saúde que envia aos municípios as doses das vacinas, de acordo com cada faixa etária, tendo como base o censo do IBGE. Essas doses, porém, não são suficientes para a vacinação de toda a população ao mesmo tempo.

“Recebemos as doses fracionadas e direcionadas para cada faixa etária. O que as pessoas precisam entender é que não podemos utilizar doses das pessoas de 74 anos, por exemplo, para imunizar os idosos de 70. Temos que prestar contas das vacinas, de acordo com o que nos foi enviado”, explica Luciane Alves da Cunha, secretária de Saúde.




Assim que uma nova remessa chega ao município, os SMS são disparados com a informação dos agendamentos de acordo com o pré-cadastro realizado, para dar continuidade no processo de imunização. “Muitas pessoas não estão se atentando ao recebimento do SMS e acabam faltando no dia programado. Essas pessoas devem aguardar o contato do Call Center para um posterior agendamento ou ligar informando sobre a necessidade de uma nova data”, completou Luciane.

Para tranquilizar a população, a secretária explica que “ninguém vai perder a vacina, mesmo que os grupos prioritários avancem. Mas, para organização, há uma fila para cada idade e ela precisa ser seguida”, explicou a secretária da pasta.

Saiba mais – No momento, duas diferentes marcas/fabricantes de vacinas contra a Covid-19 estão sendo aplicadas no município. A vacina Coronavac/Butantan, com intervalo de 28 dias entre a primeira e segunda dose, e a Vacina Astrazeneca/Fiocruz-Biomanguinhos, com intervalo de 12 semanas entre a primeira e segunda dose. “É preciso respeitar esse intervalo, já que a segunda dose também é disponibilizada na mesma logística. É importante observar no cartão de vacinação a data de agendamento para receber a segunda dose da vacina. Caso caia em um fim de semana, considere o próximo dia útil”, finaliza Luciane.