A polícia de Campinas procura por dois homens que agrediram um idoso de 62 anos no último domingo (28), após ele pedir que eles usassem máscara.

O caso aconteceu no início da noite, em uma mercearia no bairro São Judas Tadeu, em Campinas. Edmundo Conceição Santos estava conversando com o dono do estabelecimento, de quem é amigo, usando máscara, quando os dois agressores chegaram, sem máscara. Ao pedir para que eles usassem a proteção, o idoso foi agredido com socos e pontapés e teve o fêmur quebrado, além de outros ferimentos pelo corpo. Não ficou claro se apenas um agrediu ou só os dois participaram da violência, mas ambos estão sendo procurados pela polícia.

“Foi agredido só porque pediu para usar máscara. Aí esse cara veio, agrediu, quebrou fêmur. Precisa fazer alguma coisa, não pode deixar agredir uma pessoa de idade, quebrar o fêmur, por causa de pedir para usar uma máscara. Hoje em dia a crueldade está assim, tem que fazer justiça”, desabafou uma testemunha.




Por conta da pandemia, os médicos estudam a melhor maneira de realizar uma cirurgia, que ainda se torna mais arriscada por conta de AVC e dois infartos que o idoso já sofreu anteriormente.

A filha dele, Lucimar da Silva Santos, contou que o homem não tinha máscara e que não usaria, o que fez o pai se alterar e os rapazes partirem para as agressões. “Estamos esperando uma notícia, o médico disse que ele vai ter de fazer uma cirurgia de urgência. Infelizmente meu pai é um idoso de 62 anos, que tem problemas de saúde, foi covardemente agredido. A dor que a gente está sentindo agora a gente não deseja para ninguém”.