Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Greve dos caminhoneiros tem adesão mais baixa que o esperado

 O Ministério da Infraestrutura e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) emitiu comunicado informando que todas as rodovias federais, concedidas ou sob gestão do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), encontravam-se com fluxo livre de veículos, não havendo nenhum ponto de retenção total ou parcial.

Até o momento, a adesão de motoristas a a greve dos caminhoneiros foi mais baixa do que o esperado. Na Regis Bittencourt, até a altura do quilômetro 315, na manhã desta segunda-feira (1º), não existiam manifestações de caminhoneiros interrompendo o fluxo de veículos na rodovia. A reportagem conversou com diversos motoristas ao longo da Regis e nenhum deles havia aderido a greve.

Foi registrada uma manifestação que interditou duas faixas da Rodovia Castello Branco, na altura de Barueri (SP), no sentido Capital, pedindo redução do ICMS, uma pauta diferente das manifestações nacionais, que são focadas na redução do preço do Diesel e de uma tabela de preço de fretes.

Algumas entidades, como como a CNTA (Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos) e a Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Autônomos), que participaram da greve de 2018, são contra uma nova paralisação.

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code