Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Covid: cuidados com fisioterapeuta ajudam na recuperação pulmonar


Perda da capacidade respiratória precisa ser tratada por profissionais da área para evitar danos

A chegada da vacina para imunização contra a Covid19 traz esperança para o mundo todo. No entanto, as sequelas deixadas pelo vírus ainda vão demandar muito esforço da classe médica. Uma delas é a perda da capacidade pulmonar, que deve ser tratada com fisioterapia especializada.

Estudos feitos por médicos chineses do Centro de Doenças Infecciosas do Princess Margaret Hospital, em Hong Kong, já detectaram esse problema. Os pesquisadores  divulgaram que de 12 pacientes avaliados que realizaram tratamento em hospital e foram curados, três apresentaram redução da capacidade pulmonar. 

As pessoas analisadas relataram dificuldade para respirar em atividades que exigiam maior esforço, como caminhadas mais rápidas. Entre os pacientes recuperados, alguns deles podem apresentar queda de até 30% na função pulmonar. 

De acordo com Cristiane da Silva Cruz, fisioterapeuta intensivista e empresária, mesmo aqueles que desenvolveram quadros leves da doença, apresentam fadiga muscular, perda de capacidade pulmonar e cansaço aos pequenos esforços. “Pacientes que passaram pelo procedimento de intubação orotraqueal (tubo inserido desde a boca até a traquéia da pessoa) têm estes mesmos sinais de formas mais graves, com perda de amplitude de movimento, força muscular, desnutrição, perda de massa muscular, perda de peso e dificuldades respiratórias”, destacou.

Segundo a profissional, alguns artigos científicos mostraram que grande parte dos pacientes que apresentaram sintomas de Covid que passaram ou não por internação hospitalar manifestaram perda de cerca de 20% a 30% da capacidade pulmonar total. E como recuperar todas essas perdas? A recomendação é de fisioterapia ambulatorial ou domiciliar, que atua  com exercícios para ganho de força da musculatura respiratória.

“Nosso papel é avaliar esse paciente em estado crítico e traçar condutas conforme a necessidade. Desde o momento de admissão até a alta do paciente, trabalhamos para evitar o menor prejuízo possível. Estamos presentes desde o momento de admissão deste paciente. Realizando a avaliação da necessidade e instalação  da oxigenioterapia, auxílio a equipe multidisciplinar durante o procedimento de intubação orotraqueal até a alta hospitalar”, explica.


Formada em Fisioterapia pelo Unianchieta, com pós-graduação em UTI pela Physio Cursos e mestre em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina de Jundiaí, Cristiane atende pessoas de Jundiaí e região que tiveram Covid. Ela também realiza palestras e orientações, além de responder dúvidas pelas mídias sociais. Para mais informações, https://www.instagram.com/equilibriumergonomia.


Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code