Ad Code

Ticker

6/recent/ticker-posts

Acidentes com moto mataram 27 pessoas em Jundiaí no ano passado


Das 60 mortes registradas no trânsito de Jundiaí em 2020, 27 delas resultaram de acidentes com motocicletas. É o que revela o Infosiga, maior banco de dados sobre acidentes mantido pelo Governo do Estado.
Já o mês de julho foi o período com maior quantidade de mortes (9), seguido por maio (8), março e outubro, com sete cada, dezembro (6) e setembro (5). Abril e agosto, com quatro óbitos cada, vêm logo na sequência, com mais três mortes em janeiro, três em fevereiro, duas em julho e mesmo número em novembro.
De acordo com o Infosiga, do total de óbitos, 30 resultaram de colisão. Outras 13 ocorreram após choque (batida contra algum objeto parado) e sete foram por atropelamento. Dez falecimentos não tiveram o tipo de acidente levantado pelas estatísticas.
Maioria absoluta, homens foram os que mais morreram nos acidentes no ano passado, totalizando 96,67%. O Infosiga revela ainda que 46 pessoas faleceram no mesmo dia do acidente, enquanto seis morreram no dia seguinte, quatro em até sete dias, duas em até 30 dias e duas em mais de 30 dias.
Já a faixa etária com mais óbitos foi a de 18 a 24 anos, com 10 mortes, seguida por pessoas entre 30 e 34 anos (9), 35 e 39 anos (8) e 40 e 44 anos (7). Pessoas com idade entre 50 e 54 anos, 70 e 74 anos e 75 e 79 anos foram a que menos morreram, com um falecimento cada.
Rodovias foram as principais vias dos óbitos no trânsito (60%), com vias públicas respondendo por 38,33% das mortes. Segundo o Infosiga, 1,67% das mortes não teve dados do local do acidente disponíveis.

Fonte: Imprensa Policial

Postar um comentário

0 Comentários

Leia e se divirta!

Ad Code