Câmaras frias de Jundiaí comportam mais de 140 mil vacinas - Itupeva Agora

Agora





quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Câmaras frias de Jundiaí comportam mais de 140 mil vacinas


A logística que envolve as vacinas é complexa e exigente. As doses, sejam de Poliomielite, HPV, Sarampo ou a aguardada dose contra a COVID-19, demandam cuidados em relação à manutenção da temperatura adequada em todo o processo até chegada a hora da inoculação na população.


Em Jundiaí, a Prefeitura conta com espaços específicos para o armazenamento das doses de imunizantes disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), dotados de equipamentos modernos, seguros e com capacidade para o armazenamento de mais de 140 mil doses de vacinas diversas. A estrutura é essencial para a campanha de imunização contra o Novo Coronavírus, que tem como data inicial estipulada pelo Governo do Estado de São Paulo, o dia 25 de janeiro, havendo aprovação por parte da Anvisa.


Localizados em pontos estratégicos da cidade, os mais de 15 equipamentos usados para a recepção e distribuição de vacinas e insulinas têm até 1,5 mil litros de capacidade cada. “Pelo porte dos nossos estoques, temos espaço de armazenagem suficiente para mais de 140 mil doses de imunizantes, que podem ser contra COVID-19 ou demais doenças. A entrega pelo Estado, a partir de Campinas, no entanto, é feita gradativamente, não alcançando a totalidade da capacidade do município”, explica a diretora do departamento de Vigilância em Saúde, Fauzia Raiza.


Um ponto essencial para o sucesso da imunização é a temperatura, que deve ser mantida dos imunizantes, inclusive a Coronavac – que está em processo para a liberação pela Anvisa – (até 8ºC), por isso, as câmaras precisam de sistema autônomo de fornecimento de energia, com gerador e nobreak, além de cada câmara contar com um suporte interno de tolerância para casos que queda de energia por longo período. “Esses são cuidados essenciais para evitar perdas de produtos, valiosos e essenciais à saúde da população. Durante todo o processo de transporte são feitas checagens que garantem a qualidade e segurança do produto”, detalha a diretora.


O Plano Municipal de Imunização contra COVID-19 foi oficiado ao Estado pela Prefeitura de Jundiaí, em consonância com o Plano Estadual de Imunização (PEI).


Nesta primeira fase são estimadas 76 mil pessoas dos grupos prioritários (profissionais da saúde e idosos acima de 60 anos) a serem imunizadas, o que demandaria pouco mais de 150 mil doses de vacinas. A vacinação será feita em rede capilarizada em mais de 20 pontos estratégicos da cidade para facilidade de acesso à população.


(Fonte/Foto: Prefeitura de Jundiaí)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas