Amazonas faz pedido para transferir 60 bebês prematuros por risco de falta de oxigênio - Itupeva Agora

Agora

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Amazonas faz pedido para transferir 60 bebês prematuros por risco de falta de oxigênio

Pelo menos 60 bebês prematuros correm risco de vida enquanto internados em Manaus, cidade que enfrenta uma crise de Saúde em colapso. A administração do estado do Amazonas notificou estados vizinhos a fim de conseguir transferência para estes pacientes.
O sistema de saúde amazonense enfrenta um colapso e mais de 200 pacientes serão levados a outros estados para receber atendimento. Os hospitais estão lotados e sem oxigênio. Tudo isso com o aumento de infecções provocadas pela transmissão da covid-19.
Segundo apuração da CNN Brasil, com confirmações do presidente do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e secretário de saúde do Maranhão, Carlos Lula, o pedido para que governadores chequem se há leitos de internação neonatal disponíveis foi feito na manhã desta sexta-feira (15).
A primeira resposta veio do Maranhão, que poderá receber de cinco a dez bebês. A logística para viabilizar a transferência ainda não foi definida. Outros estados ainda verificam quantos prematuros conseguem receber.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas