Adolescente grávida que denunciou pai por estupro em Jundiaí contou à mãe que abusos começaram aos 9 anos - Itupeva Agora

Agora





terça-feira, 29 de dezembro de 2020

Adolescente grávida que denunciou pai por estupro em Jundiaí contou à mãe que abusos começaram aos 9 anos






Segundo boletim de ocorrência, a adolescente de 13 anos que está grávida, e o pai é o suspeito de engravidá-la, contou à mãe que os supostos abusos sexuais ocorriam desde os 9 ano . A Polícia Civil de Jundiaí (SP) investiga o caso. As informações são do Portal G1.
Segundo boletim de ocorrência, um ultrassom realizado em um pronto-atendimento apontou que a adolescente está grávida de 19 semanas.
Ainda de acordo com o registro, a mãe da garota informou à polícia que soube do crime por meio de mensagens deixadas por uma amiga dela em uma rede social alegando que a adolescente estaria grávida do pai.




Em seguida, ela ligou para a filha, que passava o Natal na casa da família do pai, em Jundiaí, e questionou sobre a gravidez. A adolescente confirmou os abusos sexuais e teria relatado que nunca contou porque o pai a ameaçava.
A mãe ainda afirmou à polícia que a filha disse que o pai a levou em uma unidade de pronto-atendimento, onde fez ultrassom e comprovou a gravidez.
Conforme boletim de ocorrência, o homem recebia a jovem todo fim de ano desde os 5 anos. Segundo a mãe, apesar de ele ser pai ausente, ela nunca suspeitou do crimes, que nunca foram comentados pela vítima, assim como possíveis sinais de abuso.
No dia em que soube sobre o caso, a mulher foi até a casa do suspeito, onde encontrou a menina. Já o homem não estava mais no local. Em seguida, foi até a delegacia e fez o registro no plantão policial no dia 23 de dezembro.
O caso é investigado como estupro de vulnerável. O estado de saúde da adolescente é desconhecido.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas