Professor de Faculdade de Jundiaí é preso suspeito de Pedofilia - Itupeva Agora

Agora





quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Professor de Faculdade de Jundiaí é preso suspeito de Pedofilia




A Polícia Federal e a Polícia Civil do estado de São Paulo, fizeram uma operação contra pedofilia com mandatos de busca na região de Campinas.
Em Jundiaí foram presos um Professor Universitário de Jundiaí de 38 anos e um estudante de 31 anos. Eles foram presos em flagrante, pois estavam com materiais pornogrâficos envolvendo crianças salvos em computadores e HD`s externos.
As prisões são decorrentes de Operação contra pedofilia feita nesta quarta-feira pela Policia Federal, as investigações que resultaram na operação começaram em 2018, quando descobriram a ação de um homem de São Jose do Rio Preto que planejava vender a sobrinha para criminosos russos. 
Ainda de acordo com as investigações, o plano dele era levar a criança para a Disney da Europa e entregá-la aos criminosos na Rússia, alegando que ela teria desaparecido no parque.
O operação denominada Black Dolphin tem o objetivo de desarticular o esquema de exploração sexual e tráfico de crianças e estão sendo cumpridos mandatos em Campinas, Indaiatuba, Atibaia, Jundiaí, Valinhos, Jarinu, Vinhedo, Cabreúva e Mogi Mirim.
Os pedidos de prisão se estendem para São José dos Campos, e para cidades dos estados do Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O principal alvo da rede de produção e venda de pornografia infantil foi preso em flagrante em São José do Rio Preto na manhã desta quarta. Outras 23 pessoas foram presas nos quatro estados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas