Prefeitura de Itupeva elabora protocolo de retorno às aulas presenciais para 2021 e promove curso de formação para profissionais da Educação - Itupeva Agora

Agora

sexta-feira, 6 de novembro de 2020

Prefeitura de Itupeva elabora protocolo de retorno às aulas presenciais para 2021 e promove curso de formação para profissionais da Educação




A Prefeitura de Itupeva promoveu nesta sexta-feira, 6 de novembro, no HTPC, o Curso de Formação “Educação em Tempos de Pandemia – Retorno às aulas presenciais em 2021”, reunindo toda equipe gestora das escolas e creches municipais.

O Departamento de Formação da Secretaria de Educação elaborou um ‘Protocolo de Retorno das Aulas Presenciais Pós-Pandemia’, que consiste em um material inspirador para aplicação de requisitos específicos em âmbito municipal, respeitando parâmetros científicos, contextos e realidades, contemplando a busca da garantia e segurança da comunidade escolar nos aspectos sanitários, de higiene, saúde e prevenção da Covid-19.

O protocolo foi dividido em duas partes: a primeira delas é formada por um conjunto de diretrizes relacionadas aos novos procedimentos e protocolos sanitários nas escolas e creches da Rede Municipal de Educação. Já a segunda parte do curso é direcionada as questões pedagógicas e socioemocionais.

A formação será ministrada a todos os profissionais da Educação. “Nesta primeira etapa, faremos a formação de toda a equipe gestora, composta por: supervisores, diretores, vice-diretores e coordenadores pedagógicos. Além da formação, teremos a composição do Comitê Técnico de Retorno às Aulas Presenciais da Secretaria de Educação. A formação também ocorrerá em todas as Unidades Escolares da Rede Municipal de Itupeva, contemplando todos os servidores municipais que nelas atuam, bem como a criação das comissões de acompanhamento em cada unidade escolar, que serão responsáveis pela supervisão da implantação do protocolo”, explica o secretário de Educação, Fábio José de Andrade, ressaltando, ainda, que todo o planejamento vislumbra um retorno às atividades escolares, balizado em fundamentos científicos, técnicos e que garantam a segurança dos alunos, professores e demais profissionais da Educação da Rede Municipal de Ensino.

“O curso de formação dos profissionais de Educação é extremamente necessário, frente aos desafios do retorno das atividades presenciais nos aspectos sanitários, socioemocionais e, principalmente, na formatação de uma escola ainda mais acolhedora e responsável”, conclui o secretário de Educação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas