Hipermercado em Jundiaí amanhece com pichação de protesto - Itupeva Agora

Agora





sábado, 21 de novembro de 2020

Hipermercado em Jundiaí amanhece com pichação de protesto

 


Depois da morte de um homem de 40 anos em um mercado em Porto Alegre, na quinta-feira (19), a rede de supermercados sofreu protestos em várias partes do país. Em Jundiaí, a loja amanheceu com uma pichação escrita “racista”.

O Carrefour emitiu nota sobre o caso:

O Carrefour informa que adotará as medidas cabíveis para responsabilizar os envolvidos neste ato criminoso. Também romperá o contrato com a empresa que responde pelos seguranças que cometeram a agressão. O funcionário que estava no comando da loja no momento do incidente será desligado. Em respeito à vítima, a loja será fechada. Entraremos em contato com a família do senhor João Alberto para dar o suporte necessário.

O Carrefour lamenta profundamente o caso. Ao tomar conhecimento deste inexplicável episódio, iniciamos uma rigorosa apuração interna e, imediatamente, tomamos as providências cabíveis para que os responsáveis sejam punidos legalmente. Para nós, nenhum tipo de violência e intolerância é admissível, e não aceitamos que situações como estas aconteçam. Estamos profundamente consternados com tudo que aconteceu e acompanharemos os desdobramentos do caso, oferecendo todo suporte para as autoridades locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas