Aprenda a decorar mesa de Natal sem gastar muito - Itupeva Agora

Agora





quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Aprenda a decorar mesa de Natal sem gastar muito



Glauber Britto, criador do canal Champagne com Dendê, dá dicas de como decorar a mesa da ceia para o Natal sem gastar muito


Reutilizar, reciclar e economizar. O youtuber ensina um olhar diferente para objetos que seriam descartados: “Usar a criatividade é algo muito chique, pois trás utilidade para elementos muitas vezes desprezados e trabalha a sua mente”.


Após muitas surpresas, 2020 repentinamente está chegando ao fim e o Natal está logo ali. De acordo com a tradição, o dia para montar a decoração que traz o espírito natalino é no segundo domingo do advento, que neste ano é em 29 de novembro. Em um ano em que todos estão evitando gastos extras, o influenciador de gastronomia e viagem, Glauber Britto, criador do canal no youtube Champagne com Dendê, dá dicas de como arrasar na decoração reutilizando objetos esquecidos em casa e comprar itens atemporais baratinhos. “A ideia é usar a criatividade ao máximo”, afirma.


Confira as dicas:


Primeiro passo


Segundo Glauber, o primeiro passo para organizar uma decoração de Natal incrível é fazer um checklist com os seguintes itens: quantos convidados você terá a mesa, qual será o cardápio para usar elementos de acordo e quais bebidas serão servidas para escolher copos e taças. Após concluir essa lista, pode começar a unir elementos que se encaixam para decorar.


“Sou adepto de usar uma louça toda por igual mas isso não é regra, é válido brincar com pratos de várias cores, por exemplo, e montar uma mesa colorida. A depender da mesa, recomendo colocar uma toalha para não danificar o material, mas particularmente dou preferência a jogo americano e sousplat. Vai do gosto de cada um”, conta Britto.


Reciclar

Entre meses de trabalhos e comércios suspensos, para a maioria das pessoas este será um fim de ano econômico, mas Glauber garante que isso não será sinônimo de uma decoração menos exuberante para ninguém. “As pessoas tem que olhar para dentro de casa e buscar elementos que já estejam ali que possam ser reaproveitados”, diz. De acordo com o youtuber, copos de requeijão e vidros de extrato de tomate podem ser usados como porta velas, por exemplo. Já latas de milho e ervilha podem servir como porta talheres. Latas de leite em pó repaginadas com papel de presente se tornam belos vasos para flores. Para quem não dispensa itens novos, a dica do influencer é investir em itens que possam ser reutilizados nos próximos anos.


Fuja do tradicional


Quando juntos, verde, vermelho e dourado já remetem instantaneamente ao Natal. Mas para Glauber a aposta é jamais se limitar ao tradicional. “Quando morei na Austrália, fiz árvores temáticas voltadas para o verão. Nada de neve artificial e meia de lã em um lugar onde é verão no Natal” afirma, contando que no país, as empresas que fabricam enfeites já estão acostumadas a produzir objetos para todos os gostos, fugindo ao que vemos por aqui. “Faça a árvore e decore sua casa de acordo a sua personalidade e como você vai se sentir feliz”, conclui.


Atenção às escolhas



Quando se trata da decoração da mesa em si, é necessário tomar alguns cuidados especiais pelo contato com os alimentos. Evitar enfeites que possam soltar pequenas partes perto das louças que serão utilizadas, pois a ingestão destas partículas pode causar uma reação alérgica ou intoxicação alimentar, por exemplo. “Tente usar enfeites neutros sem brilhos ou que soltem penugem. Deixe para usar brilhos, plumas e o que mais você gostar na área que não vá ter comida. Abuse na árvore”, é a dica do youtuber.


Para economizar ainda mais, usar os alimentos como a própria decoração pode ser uma dica incrível, mas também requer cuidado. “Tem que prestar atenção na limitação no clima. Lugares muito quentes devem ter esses itens consumidos rapidamente, pois o calor pode estragá-los. Se o ambiente puder ser climatizado, ainda melhor”, diz Glauber, que indica arranjos com melancia, melão, frutas cítricas como limão e laranja e outras escolhas a gosto. “O meu lema é faça o que te faz feliz, mas sem estragar ou disposição comida”, conclui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas