Primeiro óbito de pessoa que contraiu Covid-19 pela segunda vez é registrado na Holanda - Itupeva Agora

Agora

terça-feira, 13 de outubro de 2020

Primeiro óbito de pessoa que contraiu Covid-19 pela segunda vez é registrado na Holanda

 

Uma mulher de 89 anos morreu após contrair Covid-19 pela segunda vez na Holanda. A informação foi confirmada nesta terça-feira (13/10), pela virologista holandesa Marion Koopmans, que participa do trabalho de monitoramento de casos de reinfecção realizado pela Universidade de Oxford, conforme divulgou o portal Exame.





A mulher é considerada a primeira pessoa a morrer da doença após se reinfectar. Ela sofria de uma forma rara de câncer de medula óssea, o que agravou sua situação.

Segundo as informações, na primeira vez em que contraiu a doença, ela apresentou sintomas como febre alta e tosse e ficou cinco dias internadas, sendo liberada após dois testes darem negativo. A reinfecção surgiu dois meses depois, quando iniciou novas sessões de quimioterapia e voltou a ter febre, tosse e falta de ar, sendo novamente hospitalizada e testando positivo para Covid-19, enquanto que dois testes serológicos feitos para detectar se ela ainda tinha anticorpos contra o vírus em seu sangue deram negativo.





“Ela provavelmente morreu por conta do coronavírus, mas já estava muito doente”, disse Koopmans sobre a paciente, que faleceu cerca de duas semanas após ser internada.

A virologista também disse que na maioria dos poucos casos de reinfecção, os sintomas foram menos graves. Por enquanto, os casos de pessoas que contraem a doença pela segunda vez, são considerados exceções, mas que ainda é cedo para saber quanto tempo pode durar a imunidade, já que “nunca se viu isso com nenhum vírus respiratório”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas