Polícia encontra bebê preso em armário por 5 meses pela mãe - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Polícia encontra bebê preso em armário por 5 meses pela mãe

 

Foto: Reprodução/DailyMail

A polícia russa resgatou um bebê de cinco meses que estava sendo escondida em um armário pela própria mãe, Yulia, uma mulher de 37 anos que já tinha um filho de 13 anos. Era ele que alimentava a criança com comida e restos de alimentos.





Segundo informações do Daily Mail, na última sexta-feira (09/10), a criança só foi descoberta porque durante uma festa de aniversário na casa de Yulia, uma das convidadas ouviu o choro da bebê. A dona da residência disse que era uma boneca, mas outro convidado decidiu verificar e encontrou a bebezinha Katia em uma mochila dentro de um armário em um quarto vazio.

A investigação revelou que Yulia escondeu a gravidez porque o pai da criança é um homem casado e que, a princípio, teria planejado matar a criança, tendo a deixado no armário na esperança de que morresse de fome. Ela não buscou atendimento médico antes e nem após o parto, não possuía nenhum utensílio para cuidar de bebês em casa e ainda ameaçava o filho mais velho a não falar sobre o assunto com ninguém.





Katia foi diagnosticada com desnutrição grave e socorrida em um hospital de Ecaterimburgo, enquanto Yulia foi detida e deve ser acusada de tortura, que pode dar até sete anos de prisão. Ela também vai ser avaliada psicologicamente.

"É difícil acreditar nesta história horrenda. Mas por mais difícil que seja dizer isso, é verdade", disse o porta-voz da polícia regional de Sverdlovsk, Valery Gorelykh, em entrevista ao site "Krasnoturyinsk Live".


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas