Jovem de 14 anos ganha R$ 139 mil, após fazer descoberta que pode levar à cura da covid-19 - Itupeva Agora

Agora

 


terça-feira, 27 de outubro de 2020

Jovem de 14 anos ganha R$ 139 mil, após fazer descoberta que pode levar à cura da covid-19



 



Uma jovem cientista de 14 anos pode ter dado um passo importante para que a humanidade chegue a cura do Coronavírus. A norte-americana Anika Chebrolu usou uma técnica chamada de in-silico, que significa apenas usando apenas o computador, para encontrar moléculas que podem se agrupar à proteína do novo coronavírus e, desta forma, impedir que a infecção ocorra.

Com a descoberta, ele recebeu o prêmio de melhor jovem cientista da América de 2020 no Desafio Jovem Cientista 3M e a estudante recebeu uma premiação de US$ 25 mil.





“Nos últimos dois dias, eu percebi que houve uma comoção da mídia ao redor do meu projeto, principalmente porque envolve o vírus SARS-CoV-2 e reflete nossas esperanças coletivas de acabar com essa pandemia, e eu, como todas as pessoas, gostaria de voltar à vida normal logo”, disse Anika à CNN.

Apesar de o experimento de Anika ainda ser um teste computacional- ele não chegou a ser testado efetivamente em humanos -, os resultados são bem promissores. Especialistas que analisaram a pesquisa da Anika confirmaram que a proteína é realmente o caminho para o tratamento, e ela é o alvo dos anticorpos do sistema imunológico.

E segundo Anika, essa foi uma descoberta involuntária. Ela realizava uma pesquisa sobre a Gripe Espanhola, só que com a pandemia, resolveu mudar o foco. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas