'Experiência nada boa', diz idoso que foi milésimo paciente curado da Covid a ter alta de hospital em Jundiaí - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

'Experiência nada boa', diz idoso que foi milésimo paciente curado da Covid a ter alta de hospital em Jundiaí

 O paciente Antônio Caetano dos Santos, 65 anos, foi o milésimo paciente a deixar o leito de Covid-19, no Hospital São Vicente, em Jundiaí (SP). Ao G1, o idoso e a filha contaram sobre os dias de tensão até o momento de deixar a unidade e continuar em casa o tratamento dos efeitos da doença.

“Tem que se cuidar, seguir o que os especialistas dizem. Não é uma experiência nada boa, que acaba atingido os familiares”, disse Antônio. Segundo a filha, Roseli Oliveira dos Santos, os sintomas começaram no dia 27 de setembro. A princípio, parecia uma gripe forte com diarreia, falta de apetite e febre.

“No decorrer dos dias o pulmão foi atingido, mas graças a Deus nada que fizesse ele ter que usar algum aparelho hospitalar”, lembra Roseli.

A internação ocorreu no dia 6 de outubro. Por conta da idade e de ser fumante, os parentes ficaram preocupados. No entanto, Antônio não tem nenhuma outra doença.

“Teve o momento de tristeza na hora da internação, que é o momento de se despedir. Não iríamos vê-lo até o momento da alta, foi triste. Assim que recebemos a ligação da médica, informando a alta, a primeira coisa foi avisar os familiares”, contou a filha.

Quando recebeu a informação que estava curado, o idoso se recorda que sorriu para a médica e agradeceu. Atualmente, o paciente ainda sente fraqueza e começou a sentir de novo o gosto de alimentos. “Está quietinho, em repouso ainda. O vírus o deixou bem debilitado mesmo”, explicou Rosei, que levou o pai para a casa dela enquanto se recupera totalmente.

Na terça-feira (13), a prefeitura registrou mais uma morte e 28 novos casos positivos da covid-19. A cidade contabiliza 417 óbitos e 13.048 confirmações da doença. Segundo a prefeitura, 12.420 pessoas estão recuperadas, 20 estão internadas por suspeita ou contaminação da doença, sendo quatro em UTI.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas