Ex-carcereiros são acusados de obrigarem presos a ficarem ouvindo 'Baby Shark' como tortura - Itupeva Agora

Agora





quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Ex-carcereiros são acusados de obrigarem presos a ficarem ouvindo 'Baby Shark' como tortura

 Segundo matéria do Jornal Extra, na última segunda-feira (5), dois ex-carcereiros e o supervisor de uma prisão em Oklahoma, nos Estados Unidos, foram acusados  de contravenção e crueldade por forçarem presos a ficarem algemados ouvindo a música infantil "Baby Shark" repetidas vezes, durante horas seguidas.


Os tiras deixavam os presos algemados por até duas horas em uma parede tendo que ouvir Baby Shark, o supervisor sabia da pratica e nada fez para impedi-los.


A canção “Baby Shark” ganhou enorme popularidade há alguns anos. O primeiro vídeo com a canção foi publicado pela empresa Pinkfong no Youtube em 2016 e já foi visto mais de 6,5 bilhões de vezes.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas