Um dos criminosos mais procurados do Estado de SP e suspeito de ataque a carro-forte em Itupeva, é capturado pela polícia - Itupeva Agora

Agora

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Um dos criminosos mais procurados do Estado de SP e suspeito de ataque a carro-forte em Itupeva, é capturado pela polícia





As polícias Civil e Militar capturaram, na manhã desta quinta-feira (17), um dos criminosos mais procurados do Estado de São Paulo, conhecido como "Zequinha". O homem, envolvido em roubos a instituições financeiras, foi preso durante atividades da "Operação Divisas Integradas II". Ele foi localizado em uma chácara na área rural de Tejupá, às margens da represa Jurumirim, na região de Avaré, no interior. Para a captura do foragido, por meio do cumprimento de um mandado de busca e apreensão no local, foi realizado um esquema estratégico que envolveu equipes da Delegacia de Polícia de Investigações Gerais de Avaré (Deinter 7) e da Força Tática do 12º e 53º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I).



Além destes, participaram da ação equipes do 1º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) com duas embarcações e o efetivo especializado do Comando de Policiamento do Interior - 7 (CPI-7), responsável pela região de Sorocaba, com apoio de drone. Cães farejadores também contribuíram com os trabalhos. O homem foi condenado a 30 anos de prisão e tinha um mandado de prisão preventiva em aberto. Ele se evadiu do sistema penitenciário no ano de 2001. Ele é considerado autor e líder de quadrilhas que atuam em roubos contra empresas de transportes de valores, agências bancárias e redes varejistas de eletroeletrônicos, na região de Campinas, com utilização de explosivos e armamentos de grosso calibre. Em 2006 ele foi investigado por agir no Paraguai, sendo suspeito de tentar roubar um banco em Assunção. A polícia também suspeita que ele tenha coordenado o ataque ao carro-forte da empresa Protege em Itupeva em 2017. Na época, os carros-fortes transportavam dinheiro de Campinas para São Paulo quando foram cercados e atacados em Itupeva,logo após o pedágio da rodovia dos Bandeirantes. Quatro automóveis, um deles blindado, foram usados pela quadrilha que tentou fechar um carro-forte, mas não conseguiu. Os bandidos roubaram carros para fugir depois do assalto – inclusive o de um policial federal – e um dos veículos foi localizado ao passar por um radar na capital paulista. A polícia perseguiu os suspeitos por Aricanduva, na Zona Leste, e houve troca de tiros. A quadrilha usava armas pesadas e carros blindados. Havia dinamite em um dos veículos usados pelo grupo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas