Mulher é assaltada por trio em frente de condomínio no Parque da Represa - Itupeva Agora

Agora

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Mulher é assaltada por trio em frente de condomínio no Parque da Represa






Uma moradora do Parque da Represa, em Jundiaí, foi vítima de assalto praticado por três homens armados em frente ao condomínio onde mora, a poucos metros do 2º DP. O crime ocorreu na noite desta quarta-feira (16), logo após ela sair com seu carro pelo portão e chamar o marido para pedir que levasse o celular que havia esquecido. 

Um dos criminosos agiu com violência, puxando o cabelo da vítima para obrigá-la a sair do carro. “Eu disse que precisava tirar meu filho pequeno do carro. Então, ele olhou para dentro e viu que eu estava sozinha, coisa que eu nem percebi por estar bastante nervosa. Nisso, ele disse ‘não tem ninguém aí’ e me puxou com força pelos cabelos”, comentou.

A mulher contou que, neste momento, os bandidos entraram no veículo, um Honda Fit automático, a começaram a acelerar com ele parado. “Pensei: eles nãos sabem dirigir carro automático. Nisso, me deu mais medo e comecei a gritar por ajuda.”





Gritos foram ouvidos por outros moradores, que saíram na sacada para ver o que estava acontecendo. Neste momento, os bandidos conseguiram movimentar o automóvel e deixaram o local em alta velocidade.

Vigia reconheceu

De acordo com a vítima, um vigia noturno conhecido viu o carro passando rápido e estranhou por saber que a proprietária não tinha o costume de dirigir em alta velocidade.

“Ele ligou para minha família e perguntou se tinham roubado meu carro, porque o motorista estava dirigindo muito rápido. Foi então dito que sim e ele chamou outros conhecidos para tentar ir atrás dos ladrões”, disse.

O veículo acabou sendo localizado na rua Orlando Scarpinelli, no bairro do Engordadouro, mesma região do Parque da Represa. Dois guardas municipais (Albanez e Fernandez) foram responsáveis pelo encontro e por prender um suspeito na Vila Marlene, bairro vizinho.

No Plantão Policial, o detido foi reconhecido pelas roupas que usava. O delegado, no entanto, resolveu liberar o homem, argumentando que a identificação da vítima feita apenas pelas vestimentas não era suficiente para autuá-lo em flagrante.

Violência

Pelo menos 91 assaltos foram praticados na área de atuação do 2º DP, que incluem os bairros Parque da Represa, Vila Marlene, Engordadouro, entre outros, nos meses de janeiro a julho deste ano.

Os números são da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e revelam que junho foi o mês com maior quantidade de registros (27), seguido por fevereiro (20), janeiro (15), maio (10), abril (8), julho (6) e março (5).

Também foram anotados pela polícia no período 322 furtos simples, 17 roubos de veículos, 14 roubos de carga, 46 furtos de veículos, oito estupros, sendo cinco de pessoas com menos de 14 anos, e um assassinato.

Fonte - #ImprensaPolicial





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas