Vem meteoro! Asteroide tem aproximação recorde da Terra e é descoberto só 6 horas depois de passar - Itupeva Agora

Agora

quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Vem meteoro! Asteroide tem aproximação recorde da Terra e é descoberto só 6 horas depois de passar






De acordo com o Space.com, um asteroide do tamanho de um carro bateu recorde de aproximação da Terra no último domingo (16) e só foi descoberto seis horas depois do ocorrido.
O corpo celeste foi batizado de 2020 QG pelos astrônomos e chegou a 2,9 mil quilômetros de distância da superfície terrestre, um recorde de aproximação do planeta, de um asteroide que não tenha se desmanchado no ar, ao se aproximar.




O pequeno asteroide foi descoberto apenas 6 horas após ter passado pelo planeta, em uma velocidade de quase 45 mil quilômetros por hora, sobrevoando o hemisfério Sul, perto das 4 horas da manhã. A União Astronômica Internacional sugere uma trajetória um pouco diferente, apontando a passagem pelo Oceano Pacífico.
Com o tamanho estimado entre 2 a 5,5 metros de diâmetro, o fato deixou preocupados os pesquisadores, não tanto pelo risco (com esse tamanho, ele não chegaria a atingir o solo e queimaria na entrada na atmosfera), mas pelo fato de ter se aproximado sem ser notado.
“Pequenos asteroides sempre entram em contato com a terra e queimam já na atmosfera, não causando danos. Asteroides com cerca de 20 metros podem quebrar janelas e machucar pessoas. Com 40 metros, já podem destruir uma cidade inteira ou criar um tsunami. Se forem ainda maiores, eles podem causar grave destruição regional”, explicou o astrônomo Dr Bruce Betts, em uma entrevista ao jornal The Express.




De acordo com o diretor do Centro de Estudos de Objetos Próximos à Terra da NASA, Paul Chodas, ele veio da direção do Sol e por isso não foi visto pelos telescópios, cujas observações são feitas principalmente no período noturno. A identificação foi feita pelo Observatório Palomar, na Califórnia (EUA), após passar pelo ponto de maior aproximação.
Em junho, na Austrália, moradores conseguiram capturar em vídeos um possível “meteoro earthgrazer”, que ocorre quando um fragmento de rocha espacial atinge a atmosfera em um ângulo muito baixo e termina retornando ao espaço.
Confira as imagens:





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas