Revista Science publica artigo de pesquisadores que fizeram experiência com genes humanos e deixaram mais desenvolvidos cérebros de macacos - Itupeva Agora

Agora

quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Revista Science publica artigo de pesquisadores que fizeram experiência com genes humanos e deixaram mais desenvolvidos cérebros de macacos






Um artigo de pesquisadores alemães e japoneses publicado na revista “Science”, uma das mais importantes da área científica, revelou um estudo que mais parece coisa do filme “Planeta dos Macacos”, em que os símios evoluem a ponto de entrarem em guerra contra os humanos, até se tornarem a raça dominante.
Segundo uma coluna de O Globo, os cientistas identificaram um gene regulador do desenvolvimento do córtex cerebral humano, e usaram um vírus para inseri-lo em embriões de micos. “O gene utilizado é expresso em células progenitoras de neurônios humanos, que vão habitar camadas do córtex cerebral responsáveis por integrar os sentidos com a cognição, permitindo-nos avaliar o significado das sensações que vêm do ambiente”, explica o texto.



Os embriões com o gene humano foram implantados no útero de fêmeas e depois de se desenvolverem por 100 dias (equivalente a pouco mais de 4 meses de gestação humana), os pesquisadores compararam os cérebros dos micos transgênicos com os de micos normais e encontraram grandes diferenças.
Ao invés de serem pequenos e lisos, os cérebros eram maiores e com características de primatas maiores – inclusive humanos. A microestrutura celular também ficou mais complexa.
A pesquisa foi interrompida neste ponto, sem deixar que os macacos geneticamente modificados nascessem, mas levantou diversas questões e um sinal de alerta para experiências genéticas envolvendo genes humanos e animais.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad