Nova gasolina, mais eficiente e mais cara, passa a ser obrigatória - Itupeva Agora

Agora

segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Nova gasolina, mais eficiente e mais cara, passa a ser obrigatória









A partir desta segunda-feira (03/08), passa a ser obrigatório no país o uso da gasolina com melhor qualidade, de acordo com especificações da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP). O novo combustível deve ser mais caro do que o valor atual, mas promete deixar os veículos até 6% mais eficientes e econômicos.







Segundo matéria de O Globo, no fim de junho, “a diretora de refino e gás natural da Petrobras, Anelise Lara, disse que o litro da gasolina teria uma tendência a ficar mais caro com as novas especificações do derivado”, sem especificar de quanto seria o aumento.
Em nota, a Petrobrás informou que “o ganho de rendimento de 5%, em média, proporcionado pela nova gasolina, compensará uma eventual diferença no preço da gasolina”, e que “o preço do combustível é definido pela cotação no mercado internacional e outras variáveis”.
A ANP afirmou que com as novas especificações vão permitir a entrada de motoros mais eficientes e menos poluentes no país. A Petrobrás avaliou que a nova gasolina, muito semelhante à comercializada nos Estados Unidos, vai permitir redução de 4 a 6% no consumo por quilômetro rodado, já que melhora o desempenho do motor, a dirigibilidade e o tempo de resposta na partida a frio, mantendo o aquecimento adequado do motor.







Preço da Gasolina – O preço da gasolina para o consumidor é composto por cerca de 28% do valor de venda pela Petrobrás, somados aos impostos e margem de lucro de postos e distribuidoras. Neste ano, por conta da baixa do valor do petróleo, o preço da gasolina chegou a reduzir, segundo a Petrobrás, Mais de 48% nas refinarias até maio, porcentagem bem acima da queda na venda direta ao consumidor.
Desde maio, no entanto, com a recuperação das cotações do petróleo, a estatal promoveu oito reajustes no combustível, com alta acumulada de 60%, segundo apurou o portal Gauchazh.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad