Integrante de grupo para postar fotos de armas apontada para o "próprio membro" atira em seus próprios "países baixos" e vira administrador - Itupeva Agora

Agora

segunda-feira, 24 de agosto de 2020

Integrante de grupo para postar fotos de armas apontada para o "próprio membro" atira em seus próprios "países baixos" e vira administrador





Um membro de um grupo inusitado, para dizer o mínimo, se tornou administrador depois de um acidente com arma de fogo, em que atirou contra o próprio pênis. De acordo com informações do site Vice, o homem, integrante do grupo "Armas carregadas apontadas para o pênis", acabou disparando contra si mesmo enquanto tirava a foto e, após postar a foto, foi "promovido".





O caso aconteceu no Condado de Imperial, na região de San Diego (EUA) no último dia 11. "Ei, eu posso ter ferrado tudo", disse o homem após dar um tiro em si mesmo na postagem de uma foto com suas pernas ensanguentadas. O post foi feito enquanto ele ainda estava sangrando “O calibre de Deus [.45] passou pelo meu escroto, colchão, molas e chão”, escreveu ele. 
Em outra postagem posterior, feita do hospital, ele revelou mais detalhes. “Acontece que não foi um arranhão, aquela bala passou direto por mim. O que eu pensei que eram duas feridas de raspagem, acabou sendo uma ferida de entrada e saída".




Mais tarde, um administrador do "Loaded Guns Pointet at [b]enis" revelou que o rapaz está bem. “[Ele] está 100% bem, na verdade foi trabalhar no dia seguinte. O motivo pelo qual o chamamos de rei é em parte porque o coitado já deu um tiro em si mesmo, não acho que ele precisa ser castigado também ... Tenho certeza que ele aprendeu a lição sem que o mundo inteiro o chame de idiota”, contou. 

O grupo foi criado para provar que os proprietários de armas podem ser responsáveis e confiantes a ponto de apontar a arma carregada para o próprio membro.

A ação, no entanto, foi criticada por muitos membros de grupos de armas online e descrita como "estupidez". 






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad