Carro roubado em Itupeva é localizado em Limeira com placa falsa - Itupeva Agora

Agora

terça-feira, 18 de agosto de 2020

Carro roubado em Itupeva é localizado em Limeira com placa falsa






A Guarda Civil Municipal (GCM) de Limeira conseguiu localizar um veículo com placas falsas, na noite desta segunda-feira (17). A Muralha Digital fez o cruzamento entre informações do sistema limeirense e campineiro, que são interligado e identificou que veículos com a mesma placa passaram em um intervalo pequeno de tempo em câmeras das duas cidades.
As corporações foram avisadas e a placa foi cadastrada na Muralha de Limeira. Bastou apenas algumas horas para o sistema alertar que o veículo estava em trânsito perto do Anel Viário, o que mobilizou as equipes.



O veículo foi abordado pelos guardas Hansen e Sobrinho, sendo dirigido por um rapaz, de 25 anos. Junto com ele, estava um homem, de 59. Nada de irregular foi encontrado no automóvel. Um CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) válido também foi apresentado aos agentes que, ao vistoriarem melhor o automóvel perceberam indícios de irregularidades, entre eles, o lacre da placa rompido.
Questionado, o rapaz que conduzia o automóvel disse que o carro pertencia a uma clínica de recuperação limeirense. O responsável pela clínica disse que havia comprado o automóvel de uma loja em janeiro do ano passado. Pórem, foi constatado que o veículo original estava parado na garagem da residência de uma mulher, em Campinas. Na delegacia, os agentes da GCM e os policiais civis conseguiram determinar que o veículo apreendido foi roubado no dia 25 de junho deste ano em uma rodovia de Itupeva.

A dona do automóvel original havia registrados ocorrências alegando ter recebido multas de Limeira, as quais ela não reconhecia. Em um dos registros, a campineira alegou que não havia conseguido licenciar o automóvel, pois o documento já havia sido emitido para outra pessoa. O carro apreendido em Limeira foi para o pátio de veículos e a dupla passa a ser investigada, em liberdade, em um caso de receptação.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad