Passagem de "Ciclone-bomba" já deixou 6 mortos - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Passagem de "Ciclone-bomba" já deixou 6 mortos

Entrada de comércio foi destruido em Florianopolis




Chuva forte e ventos de mais de 120 km/h atingiram municípios do Sul do Brasil. A tempestade foi provocada por um fenômeno conhecido como ciclone-bomba. Também houve estragos no Paraná e no Rio Grande do Sul. Ao menos seis pessoas morreram.
No oeste catarinense ao menos 25 municípios foram atingidos e os bombeiros atenderam mais de 900 ocorrências.
Foram cinco o número de mortos pela onda de tempestades e o ciclone em Santa Catarina. Com uma morte no Rio Grande do Sul, já são seis vítimas fatais no Sul do Brasil.




Em Peruibe lancha afundou com os ventos

No Paraná, milhares de pessoas também ficaram sem luz. Casas ficaram destelhadas, e árvores caíram. Bombeiros e a Companhia Paranaense de Energia passaram a madrugada trabalhando para tentar diminuir estragos

Em SP, os ventos viaram a cerca de 80km/h e na noite de terça, a frente fria chegou ao estado paulista e duas lanchas e sete barcos afundaram em Peruíbe, no litoral.













Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas