Dois casos suspeitos de Peste Negra são detectados e faz China elevar estado de alerta no norte do país - Itupeva Agora

Agora

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Dois casos suspeitos de Peste Negra são detectados e faz China elevar estado de alerta no norte do país





Em pleno 2020, e no meio da monumental pandemia de covid-19 que já infectou mais de 10 milhões de pessoas, matou mais de 500.000 e obrigou ao confinamento de mais de um bilhão de pessoas em dezenas de países desde a explosão do surto na China em dezembro de 2019, eis que o fantasma da peste negra assustou o mundo neste fim de semana com a notícia de que dois casos suspeitos de peste bubônica foram identificados na província de Khovd, na Mongólia ao norte da China.

Segundo a imprensa local, os doentes são dois irmãos, de 27 e 17 anos. Eles teriam consumido carne de marmota, um grande roedor com aparência semelhante à dos esquilos, mas de tamanho notavelmente maior, que vive em regiões montanhosas do hemisfério norte.




Autoridades decretaram nível três de alerta — que proíbe a caça e consumo de animais que poderiam estar com a praga e pede que as pessoas reportem casos suspeitos às autoridades.

Os dois irmãos infectados estão sendo tratados em hospitais diferentes. O Centro Nacional de Doenças Zoonóticas da Mongólia identificou 146 pessoas que tiveram contato direto com eles, além de outras 504 que tiveram contato secundário. Amostras dessas pessoas foram coletadas para análise. As autoridades isolaram a região, próxima da fronteira com a China e com a Rússia. A circulação de veículos foi suspensa e a de pessoas drasticamente reduzida.

Em 2019, a Mongólia já tinha confirmado casos de peste bubônica: em novembro, um homem de 55 anos contraiu a doença depois de comer carne de coelho; antes, em maio, um casal havia morrido após comer carne de marmota. A Associação Internacional de Assistência Médica para Viajantes informa que o risco de peste está presente em todo o país e que a transmissão pode acontecer em qualquer época do ano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas