Deputado Alexandre Pereira questiona Estado sobre envio de testes de covid-19 para as cidades de Jundiaí e região - Itupeva Agora

Agora

segunda-feira, 6 de julho de 2020

Deputado Alexandre Pereira questiona Estado sobre envio de testes de covid-19 para as cidades de Jundiaí e região





Diante do aumento expressivo do número de casos de covid-19 nas cidades do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ), o deputado estadual Alexandre Pereira (Solidariedade-SP) apresentou requerimento de informação à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo solicitando informações sobre o envio de testes de coronavírus aos municípios da região.




No requerimento, o deputado questiona a quantidade de testes adquirida pelo Governo do Estado de São Paulo e qual o tipo (RT-PCR ou apenas testes rápidos); quantos foram enviados pelo Ministério da Saúde para o Governo do Estado de São Paulo; a quantidade de testes enviada para Jundiaí e municípios do Aglomerado Urbano (Várzea Paulista, Campo Limpo Paulista, Jarinu, Louveira, Itupeva e Cabreúva) tanto do Estado, como também do Ministério da Saúde; e se existe previsão para novos envios para Jundiaí e demais cidades do Aglomerado Urbano e qual a origem destes testes.

Na justificativa, o deputado observa que os números de casos de covid-19 no do interior vêm aumentando consideravelmente, principalmente nas maiores cidades como Jundiaí. Até a entrega do requerimento, no último dia 29 de junho, Jundiaí contabilizava 177 mortes e 3541 casos confirmados de covid-19, e as demais cidades do AUJ somavam 117 mortes e 1441 registros da doença, totalizando 294 óbitos e 4982 casos confirmados nas sete cidades, sem contar a possibilidade de subnotificações.




“Venho acompanhando os casos de covid-19 na região de Jundiaí e considero de grande importância a testagem do máximo possível da população destas cidades, com o objetivo de detectar os casos confirmados precocemente, respeitando a recomendação da Organização Mundial da Saúde, que defende como uma das principais ações de combate ao vírus a testagem em massa. Uma vez detectada a doença, é possível isolar as pessoas infectadas e tratar os casos mais graves com precisão”, salienta o deputado Alexandre Pereira.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas