Cazaquistão nega existência de 'pneumonia desconhecida mais letal que Covid-19' no país - Itupeva Agora

Agora

sexta-feira, 10 de julho de 2020

Cazaquistão nega existência de 'pneumonia desconhecida mais letal que Covid-19' no país





O ministério da Saúde do Cazaquistão se pronunciou nesta sexta-feira contestando a embaixada chinesa no país. O órgão da China havia emitido um relatório que alertava para a presença de uma 'pneumonia desconhecida' na região, como foi noticiado por 'CNN' e 'Reuters' na madrugada desta sexta. Segundo o Cazaquistão, a pneumonia existe, porém não é nova ou desconhecida. O país diz que o desentendimento aconteceu por uma falha de tradução.
Em uma mensagem enviada a seus cidadãos, a embaixada chinesa em Nur-Sultan, capital do país, advertiu na quinta-feira contra uma nova doença com "índice de mortalidade de longe superior à Covid-19", que teria provocado, segundo o texto, 1.772 mortes nos seis primeiros meses de 2020 e "628 apenas em junho".




As afirmações "da mídia chinesa não correspondem à realidade", afirmou nesta sexta-feira o ministério cazaque da Saúde, sem uma referência ao comunicado da embaixada chinesa.

O ministério mencionou pacientes registrados como afetados por pneumonia e não pelo novo coronavírus, apesar dos sintomas, pois os testes de Covid-19 foram negativos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias relacionadas