Tesouro de R$ 5 milhões escondido por colecionador é achado após 10 anos e 5 mortes - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Tesouro de R$ 5 milhões escondido por colecionador é achado após 10 anos e 5 mortes







Um tesouro avaliado em US$ 1 milhão (R$ 5 milhões) escondido pelo colecionador americano Forrest Fenn, de 89 anos, nas Montanhas Rochosas, que se estendem desde o Novo México, no sudoeste dos Estados Unidos, até a Columbia Britânica, no noroeste do Canadá, foi finalmente achado, após mais de 10 anos. A informação foi divulgada pelo próprio Fenn no domingo (7/6), no seu site.

Milhares de pessoas se lançaram na caça ao tesouro, composto de ouro e pedras preciosas, guiados pelas pistas que Fenn deixou em um poema no seu livro de memórias, lançado em 2010, em uma localização secreta a mais de 1,5 mil metros de altitude. "Então, escute e escute bem, seu esforço valerá a pena; se você for corajoso, eu te dou o título de ouro", diz o verso final. Ao menos cinco aventureiros morreram na tentativa de ficar rico, de acordo com a CNN.





Fenn não revelou o nome do homem que encontrou o tesouro, a pedido do felizardo, que enviou ao colecionador uma foto do achado. A única informação divulgada foi que o homem mora no Leste dos EUA. A localização do baú também permanecerá em segredo.

"Estava sob um dossel de estrelas na exuberante vegetação florestal das Montanhas Rochosas e não havia se mudado do local onde eu o escondi há mais de dez anos", escreveu o milionário, que tem uma galeria de arte em Santa Fe (Califórnia, EUA), ao anunciar o fim da busca. "Não conheço a pessoa que o achou, mas o poema o levou ao ponto certo. Parabenizo as milhares de pessoas que participaram da busca", finalizou.

Além do ouro, o tesouro de Fenn tem rubis, esmeraldas e diamantes. O americano disse que tivera a ideia de esconder o tesouro como uma forma de incentivar as pessoas a se aventurarem pela natureza.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad