Jundiaiense é única brasileira selecionada para Faculdade de Artes da Holanda - Itupeva Agora

Agora

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Jundiaiense é única brasileira selecionada para Faculdade de Artes da Holanda



VIA TV TEC JUNDIAÍ - A bailarina Giulia Finardi, de 18 anos, é a única brasileira aprovada para a Faculdade de Artes de Rotterdam (Codarts), na Holanda. Ela está entre as 30 pessoas do mundo todo que conseguiram a vaga para a jornada que se inicia em setembro deste ano. 

 A jundiaiense Giulia Finardi, aprovada em audição rigorosa, vai estudar dança na Codarts da Holanda Filha do representante comercial, Ângelo Finardi e da técnica de enfermagem, Alessandra Finardi, ela segue os passos da irmã mais velha, Gabriela, de 27 anos, bailarina que há dez anos mora na Europa, em Augsburgo, e atua profissionalmente para uma companhia de dança estatal alemã. 

E do irmão mais novo, Guilherme, cavaleiro profissional que há dois anos trabalha também na Europa. “É um orgulho muito grande para todos nós”, contam os pais felizes. “Ela foi fazer um reconhecimento na Europa, focada como sempre foi em dançar, voltou por causa da pandemia, mas se inscreveu no exame e acabou mandando material e foi aprovada”, destaca o pai, lembrando que a Codarts é uma faculdade de Artes de renome mundial. E que a filha vai estudar lá durante os próximo quatro anos.
  Ângelo conta que Giulia terminou o colégio no ano passado. Desde muito cedo, segundo ele, ela se dedica à dança por vocação. Aprendeu os primeiros passos como um professor de São Paulo, estudou no Instituto de Orientação Artística (IOA) e na Première, escolas de dança de Jundiaí e conquistou muitos prêmios como bailarina. O principal foi a indicação de Melhor Bailarina do Festival de Joinville, um dos maiores festivais de dança do mundo. 

“É muito orgulho para os pais. Nós temos mesmo muito orgulho pelo trabalho e realização de nossos filhos. Agora, especialmente, pela Giulia que sempre foi muito focada e esforçada”, concordam os pais. Essa vitória, segundo eles, é um prêmio à dedicação dela. Ambos se orgulham ainda mais pelo fato de serem todos de Jundiaí e de que a conquista de Giulia serve de estímulo para outros jovens da cidade.
  Giulia, de sua parte, garante estar muito feliz e ansiosa para seguir rumo à realização de seu sonho, sonho que sempre cultivou. E que, apesar da ansiedade, sabe que a 700 km de onde vai estudar em Rotterdam, na Holanda, vive sua irmã, em Augsburgo, na Alemanha, com quem sempre poderá contar. (Por Pedro Fávaro Jr.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad