Jundiaí registra mortes pelo Coronavírus em todos os dias da primeira quinzena de junho - Itupeva Agora

Agora

terça-feira, 16 de junho de 2020

Jundiaí registra mortes pelo Coronavírus em todos os dias da primeira quinzena de junho


Jundiaí registrou, ao menos, uma morte pelo Coronavírus em cada dia da primeira quinzena do mês de junho. Ao todo, foram contabilizados 52 óbitos desde o início do mês.

No dia 31 de maio, segundo o boletim epidemiológico, a cidade tinha 68 mortes pela doença. Apenas 15 dias depois, passou para 120, o que representa um aumento de 76,4%. 

Conforme apurado pelo G1, os dias com mais mortes foram 4 de junho, com nove mortes, seguido do dia 14, com seis óbitos, e dos dias 1, 2 e 6 de junho, com cinco mortes cada. A média de óbitos pela doença na primeira quinzena do mês é de 3,4 por dia na cidade. A primeira morte em Jundiaí foi registrada no dia 3 de abril. O paciente era um homem de 72 anos. Ainda segundo apurado pelo G1, a maioria dos óbitos na cidade é de homens. Dos 120 registros na cidade desde o início da pandemia, 78 são do sexo masculino (65%).

O mês de junho seguiu essa tendência. Das 52 mortes desde o dia 1º, 33 são homens, o que representa 63,4%. O número de idosos também é alto. Do total de óbitos em Jundiaí, 88 são idosos (73,3%). Só na primeira quinzena de junho foram 40 mortes de pessoas acima dos 60 anos, que representa 77%. Dos 52 pacientes que morreram desde o início do mês, nove não possuíam nenhum tipo de comorbidade (17,3%). Desde a primeira morte na cidade, são 19 pessoas, o que representa 15,8%.
  O levantamento do G1 foi feito conforme a data da morte dos pacientes. O último dia em que não houve registro de óbito foi em 27 de maio. Com isso, são 19 dias ininterruptos com mortes de pacientes de Covid-19 em Jundiaí.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad