JUNDIAÍ - Paciente de 70 anos que venceu o COVID-19 tem alta e elogia São Vicente ao prefeito - Itupeva Agora

Agora

sexta-feira, 19 de junho de 2020

JUNDIAÍ - Paciente de 70 anos que venceu o COVID-19 tem alta e elogia São Vicente ao prefeito


Dona Antônia de Melo Silva passou por dias difíceis. Moradora do Parque Centenário, a idosa só escapou de morrer porque, no meio da pandemia, a UTI do principal hospital público do município – o Hospital São Vicente – não estava saturada de pacientes como ocorre em tantos outros locais de São Paulo e do Brasil.

Aos 70 anos, ela foi diagnosticada com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS) em maio e ficou internada por 16 dias – 14 na UTI do São Vicente, em Jundiaí, parte deles intubada. Depois de internada, testou negativo para a Covid-19 e, na verdade, com um enfisema pulmonar e problemas cardíacos.

Vinda de Pernambuco, ela está na cidade desde 1970. Tem dois filhos, nove netos – de 5 a 28 anos – e três bisnetos. Depois da alta, a primeira coisa que pediu à filha Suzana foi que contatasse a professora Maria Cristina Castilho de Andrade porque queria falar com o prefeito Luiz Fernando Machado.

“Ele não sossegou enquanto não soube que o recado estava dado. E conseguiu o que queria – agradecer pessoalmente o prefeito pelo atendimento que teve e pelos dias que passou no hospital”, conta a filha emocionada.

Apressa-se em dizer que sua mãe está comendo muito bem, se recuperando rapidamente e só não esquece de uma coisa – o cigarro. “A gente entende a ansiedade dela, mas sabe que é por causa da abstinência. Agora não pode mais fumar e ela está ciente disso”, explica.

As coisas para Suzana – que é provedora da casa da mãe – estão difíceis. Cozinheira de profissão, ela acabou sem emprego no restaurante em que trabalhava, com a pandemia. “Tentei como diarista e até deu certo no começo. Mas agora ninguém está contratando”, completa.

Grata ao prefeito e à professora Maria Cristina, Suzana retorna para a cidade de São Paulo, onde mora, em busca de trabalho e deixa a filha de 28 anos, Beatriz, neta mais velha de dona Antônia, cuidando da avó, na terça-feira (22) preocupada. “Minha mãe não pode ficar sozinha em nenhum momento. Ela está com oxigênio e precisa de ajuda para tudo”, esclarece.

VEJA DONA ANTÔNIA AGRADECENDO O PREFEITO  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad