China usou 100 mil patos para dar combate à milhões de gafanhotos - Itupeva Agora

Agora

domingo, 28 de junho de 2020

China usou 100 mil patos para dar combate à milhões de gafanhotos










Em fevereiro, a China recrutou um exército de 100.000 patos para lidar com um possível exército invasor de 400 BILHÕES de gafanhotos.

Segundo informações da agência estatal chinesa CGTN, a nuvem gigantesca de insetos foi para o território chinês da fronteira entre Índia e Paquistão.

O canal de notícias estatal da China chamado CGTN divulgou o vídeo dos patos sendo enviados como se fossem um exército em direção à fronteira, onde combaterão os gafanhotos comendo-os. E se você acha que 100.000 é muito, em 2000 a China enviou 700.000 pelo mesmo motivo, segundo o Telegraph












Argentina eliminou 15% dos gafanhotos


Uma operação coordenada pelo setor de aviação agrícola da Argentina contra a nuvem de gafanhotos resultou na eliminação de somente 15% dos insetos, conforme informações do Sindag, entidade que reúne as empresas brasileiras de avião agrícola. Ainda de acordo com o Sindicato, a operação teria ocorrido na região de Curuzu Cuatia, província de Corrientes, antes do anoitecer de sexta-feira, quando os insetos foram encontrados após pousar em uma área de campo para se alimentar e passar a noite.










Os técnicos têm aproveitado esses momentos para fazer as operações de combate. Quando pousam e se agrupam, os gafanhotos ocupam uma área de 10 hectares. Quando levantam voo e formam a nuvem, os gafanhotos abrangem área equivalente a 3 mil hectares, com 10 quilômetros de comprimento e 3 quilômetros de largura, o que dificulta a ação dos aviões.

O Brasil formou um grupo de monitoramento da situação e aviões agrícola estão de prontidão no extremo sul do país preparados para um ataque contra os gafanhotos. “Só em Uruguaiana, dez aviões estão prontos para operação imediata, o que é considerado mais do que suficiente”, diz o Sindag.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad