97 mortos: Preocupado com o Coronavírus, piloto de avião esqueceu de baixar trem de pouso - Itupeva Agora

Agora

sexta-feira, 26 de junho de 2020

97 mortos: Preocupado com o Coronavírus, piloto de avião esqueceu de baixar trem de pouso







Os pilotos de um avião paquistanês que caiu no mês passado em Karachi estavam ocupados conversando sobre o coronavírus e ignoravam repetidamente as instruções dos controladores de tráfego aéreo antes de o avião cair, matando 97 pessoas, a informação foi dada pelo ministro da aviação do Paquistão na quarta-feira.




Os pilotos da Pakistan International Airlines também ignoraram os avisos automáticos no cockpit e falharam em baixar o trem de pouso, fazendo com que os motores do avião atingissem a pista, de acordo com um relatório preliminar sobre o acidente.

“O piloto e o copiloto não estavam focados no que faziam e conversavam sobre o coronavírus. O (vírus) estava na cabeça deles. As família deles foram afetadas e estavam discutindo sobre o assunto. Infelizmente, o piloto estava muito confiante”, disse o ministro.

"Os pilotos discutiram a corona durante o vôo", disse Khan. "Eles não estavam focados."

"Quando a torre de controle disse ao piloto sobre a altura perigosa do avião, o piloto disse 'eu administrarei' e os pilotos começaram a discutir o coronavírus novamente", acrescentou o ministro durante uma audiência na Assembléia Nacional em Islamabad.




De acordo com os peritos, os pilotos baixaram o trem de pouso durante a primeira tentativa de pouso no Aeroporto Internacional de Karachi, mas acabaram recolhendo o equipamento quando tiveram aterrissagem adiada, contou o site "Flight Global". Isso demonstra que não havia defeito no trem de pouso.

"O pouso foi feito com o equipamento retraído. A aeronave tocou o solo com os motores", afirmou a investigação.

Ao bater no solo, os dois motores foram danificados e, por isso, não conseguiram subir com o avião novamente. Além do erro de não baixar o trem de pouso, as autoridades apontaram ainda que a aeronave ficou muito mais alto durante a aproximação e ignoraram o pedido dos controladores de voo para voar em círculos e perderem peso.





O acidente que teve apenas dois sobreviventes, trouxe à tona o estado sombrio da Pakistan International Airlines,  e após o acidente, o primeiro-ministro Imran Khan exigiu um inquérito imediato.

A companhia aérea sofreu enormes perdas financeiras nas últimas décadas. Corrupção, nepotismo, excesso de pessoal, falta de controle de qualidade e favoritismo nas nomeações devido a pressões políticas atormentaram a companhia aérea, e as tentativas de sucessivos governos de transformá-la em uma entidade com fins lucrativos falharam.

Fonte: https://www.nytimes.com/2020/06/24/world/asia/pakistan-plane-crash-coronavirus.html




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad