8 em cada 10 mortos por Coronavírus em Jundiaí têm comorbidades - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 17 de junho de 2020

8 em cada 10 mortos por Coronavírus em Jundiaí têm comorbidades






Dos 129 óbitos causados pelo Coronavírus em Jundiaí, apenas 18 não apresentavam comorbidades como doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade ou outros fatores de risco que intensificam o impacto do vírus no organismo.

Ainda, pela análise realizada pelo Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC), além de 87% dos óbitos concentrados em pessoas com doenças crônicas, a idade também é fator complicador, reproduzindo no município o padrão identificado no Estado e no País.





Apesar da prevalência no número de casos positivos em Jundiaí atingir as pessoas em idade economicamente ativa – entre 20 a 59 anos foram contabilizados 1.741 casos – tem sua letalidade maior na faixa acima dos 60 anos, que registra 463 casos positivos para a doença e responde por 95 óbitos dos 129 registrados até o boletim divulgado na tarde de ontem (16), ou seja 75%.

As taxas de letalidade são equivalentes às registradas no Estado de São Paulo, que apresenta 5.93% e Jundiaí 5,7%. Na comparação com o Brasil, a taxa jundiaiense tem diferença inferior a um ponto percentual, já que a nacional registra 4.95%.

Segundo dados divulgados pela Vigilância Epidemiológica (VE) de Jundiaí, as doenças cardiovasculares estão associadas a 39,13%, seguida por diabetes, que está presente em 24,08% das mortes por COVID-19 e a obesidade, associada a 11,04% dos casos fatais. Do total das mortes acima de 60 anos (95), apenas 10 não contavam com alguma comorbidade associada.

(Fonte/Foto: Prefeitura de Jundiaí)





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad