Policial da Geórgia se recusa a se ajoelhar para manifestantes e diz que só se ajoelha pra Deus - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Policial da Geórgia se recusa a se ajoelhar para manifestantes e diz que só se ajoelha pra Deus



Um policial do estado da Geórgia se recusou a se ajoelhar durante um protesto da Black Lives Matter na Geórgia, dizendo aos manifestantes que ele faz isso apenas por Deus.

Durante os protestos o Polícial teria sido convidado por um membro da multidão a se ajoelhar como sinal de solidariedade após a morte de George Floyd, que ele recusou.





Defendendo sua decisão, Saddler disse que tem "muito respeito", mas apenas se ajoelha "por uma pessoa".

Dirigindo-se a um grupo de manifestantes, Saddler diz: 'Eu deveria estar fora da cidade neste fim de semana com minha esposa, mas estou aqui para garantir que todos estejam em segurança."

"Tenho muito respeito, mas só me ajoelho por uma pessoa."

Alguém na multidão interrompe: 'E isso é Deus'.

O soldado assente e confirma: "Deus".





No momento, policial, vestido com uniforme azul e seu distintivo de patrulha, se vira e se afasta dos manifestantes.

Policiais e oficiais foram filmados em todo o mundo ajoelhados em solidariedade a manifestantes exigindo justiça por George Floyd, 46 anos, um negro desarmado que foi morto em Minneapolis há duas semanas.

Em muitos casos, foram os manifestantes que pediram aos oficiais que se ajoelhassem com eles e o gesto provocou aplausos.

No entanto, nem todo mundo está de acordo com a ação, e alguns manifestantes discordaram dos policiais ajoelhados, condenando-a como um golpe de relações públicas que não contribui para o movimento.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad