Japinha do CPM 22 confirma conversa vazada com garota que diz ter 16 anos; ele diz que era 'brincadeira' sem 'intenção de seduzir' - Itupeva Agora

Agora

quarta-feira, 10 de junho de 2020

Japinha do CPM 22 confirma conversa vazada com garota que diz ter 16 anos; ele diz que era 'brincadeira' sem 'intenção de seduzir'



MATÉRIA E IMAGENS G1 - Japinha, baterista do CPM 22, confirmou ao G1 que as imagens de um diálogo entre ele e uma fã que diz ter 16 anos, divulgadas no Twitter, são de uma conversa verdadeira. Nas mensagens em 2012, eles falaram de namoro e virgindade. Japinha diz, hoje, que eram "brincadeiras" sem "intenção de seduzir".






A conversa com o baterista, que na época tinha 36 anos, foi divulgada no dia 4 de junho de forma anônima, em um perfil chamado "Exposed emo" no Twitter. Nos últimos dias, a hashtag #exposed tem sido usada em denúncias de abusos e assédio feitas por mulheres.

   

A repercussão negativa aumentou nesta terça-feira (9), depois que o baixista do CPM 22, Fernando Sanches, saiu da banda. Ele fez o anúncio no Instagram, mas não disse o motivo. Japinha também diz não saber a causa. Mas diz que o resto da banda está "se prontificando" a defendê-lo. Na noite desta terça, o baterista divulgou um texto, também no Instagram, em que diz que "jamais agiria com o intuito de machucar alguém", e reclamando de "informações que não condizem com a verdade".

A banda também se manifestou por meio de um comunicado geral publicado nas redes sociais. "Fomos surpreendidos com postagens sobre o comportamento de um integrante de nossa banda. Somos um coletivo onde cada um responde por suas atitudes. Mas uma coisa é clara: não compactuamos com atitudes desrespeitosas contra quem quer que seja. Nosso maior interesse é que tudo isso seja esclarecido o quanto antes."






G1 procurou o baterista para esclarecer o texto. Japinha disse que, no perfil no Twitter, há comentários caluniosos e relatos que não são verdadeiros, mas que a conversa retratada no print foi real.
Nas imagens da conversa, após a fã dizer que tem 16 anos, ele pergunta se ela "já fez amor" e continua fazendo elogios e falando sobre namoro. Ele diz ao G1 que, ao falar de ciúmes e virgindade, estava brincando.
O post feito pelo perfil "Exposed emo" é introduzido por um texto que diz: "Relato sobre o Japinha em que ele tenta mentir a idade pra uma menina de 16 anos". Na conversa, ele diz que tem 21 anos, e depois fala que tem "entre 18 e 80". Ele também afirma ao G1 que era uma brincadeira.
Hoje, ele diz que o diálogo "incomoda" e que hoje não o teria de novo, mas que "não fez nada de errado". Leia os principais trechos da entrevista abaixo.





G1 - Sua resposta no Instagram não deixa muito claro o que você considera verdade. Há alguma montagem nos prints?
Japinha - Tem vários tipos de publicações ali, é um perfil anônimo. Ninguém se identificou nem quis falar comigo. É difícil falar com alguém sem se identificar. Havia muitas histórias falando que eu tinha feito coisas erradas com uma menina ou outra. Mas lá tem os prints de uma conversa.
G1 - É disso que estamos falando, dessa conversa que aparece nos prints.
Japinha - Essa específica realmente incomoda, incomoda até a mim. Eu fiz uma brincadeira naquele momento com a menina. Falei que eu tinha oitenta anos. Ninguém em sã consciência conseguiria acreditar. A menina fala que não adianta mentir, sabia que eu tinha 38. Aí eu dei risada.
Estava rolando um clima meio de paquera, porque ela estava puxando papo comigo. Ela veio me procurar. Aí eu perguntei se ela tinha namorado. Ela falou que sim. Aí eu recuei. Brinquei e falei que não, eu tinha ciúmes. E aí ela falou que tinha 16 também, aí que eu recuei mais. Eu não tenho essa mania. Eu não gosto.
Na estrada, chegava ao ponto de eu pedir RG para as meninas para não ter que tomar nenhum susto nesse sentido. E o principal: eu nunca vi essa menina pessoalmente. Nunca falei com ela. Acho que ela até foi no show, mas não falou comigo. Eu falei: "Você falou que ia aparecer com o namorado e não apareceu". E ela não respondeu. Ela mandou esses prints sem se identificar. Porque ela sabia que se se identificasse eu ia procurá-la e falar: "Por que você está fazendo isso?"







Um dos trechos da conversa de Japinha com a fã que diz ter 16 anos — Foto: Reprodução / Twitter


G1 - Mas as pessoas podem questionar o que você falou sobre "recuar". Na conversa, ela diz que tem 16 anos e você continua.

Japinha - Mas conversar não mata ninguém. Eu não fiquei falando que queria... Tudo bem, teve um papo lá de virgindade. Eu até brinquei em relação a virgindade. Mas nunca querendo... sabe? Depois que ela falou que tinha namorado, eu já evito mulher com namorado. E já brinquei falando que tinha ciúme. Foi esse o sentido da conversa.
Eu consultei advogado para saber se tinha algum tipo de crime na conversa. E os três que eu consultei falaram que não há. Primeiro que eu nunca vi a menina, não encostei na menina. Não cheguei a falar: "A gente podia, a gente vai..." E aí começou a rolar essa proliferação de prints. E eu acabei tendo que me pronunciar.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad