Ex-secretário de Saúde de Jundiaí é alvo de investigação do GAECO - Itupeva Agora

Agora

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Ex-secretário de Saúde de Jundiaí é alvo de investigação do GAECO




O ex-secretário de Saúde de Jundiaí, L.C.C, de 47 anos, foi alvo na manhã desta segunda-feira (15) de mandado de busca e apreensão decretado pelo desembargador Marcelo Gordo, da 13º Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, em processo que investiga supostas irregularidade na contratação emergencial, pelo município de Mauá, da organização social Atlantic – Transparência e Apoio à Saúde Pública para a gestão e operacionalização do hospital de campanha construído naquela cidade por conta da Covid-19. O valor da contratação é de R$ 3,3 milhões, com prazo de 90 dias.



Morador em Jundiaí, L.C.C, ex-secretario de Jundiaí durante a gestão do Prefeito Pedro Bigardi é atual secretário de Saúde de Mauá e teve apreendidos objetos em seu imóvel, durante operação deflagrada pela Procuradoria-Geral de Justiça, com apoio do Gaeco e do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope), por meio da 2ª Delegacia de Polícia de Capturas.
Durante os trabalhos desta segunda, também foram cumpridos mandados de busca e apreensão no gabinete do prefeito, Atila Cesar Monteiro Jacomussi, e no setor de licitações do município de Mauá, além de ações na capital e na cidade de Barueri.
A prefeitura de Mauá encaminhou nota, afirmando que prestou esclarecimentos ao MPSP e que tem mantido “conversas diárias” com os promotores. “Entendemos como excessiva e desnecessária a iniciativa do Ministério Público. Estamos tranquilos em relação ao desenrolar dos fatos e certos de que demonstraremos, nos autos, a lisura de todo o processo. Salientamos que Mauá está na vanguarda do combate ao coronavírus, notoriamente com ações eficientes e reconhecidas pela população e pela imprensa”, acrescenta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad