Estado de atenção! Febre amarela causa a morte de quase 90 macacos na região de Jundiaí - Itupeva Agora

Agora

06 novembro, 2017

Estado de atenção! Febre amarela causa a morte de quase 90 macacos na região de Jundiaí

Animais são encontrados na zona rural dos municípios em que a vacinação foi intensificada há mais de dois meses. Único caso em humano foi registrado em Itatiba, onde um idoso morreu pela doença.

Quase 90 macacos já morreram por febre amarela na região de Jundiaí (SP), de acordo com dados divulgados pelas prefeituras nesta segunda-feira (6). Após os primeiros registros de morte de primatas, há mais de dois meses, as cidades intensificaram a vacinação contra a doença, que também causou a morte de um idoso em Itatiba (SP).

Em Jundiaí já são 67 animais mortos, outros cinco em Campo Limpo Paulista, 14 em Itatiba e dois em Jarinu. De acordo com as divisões de zoonoses, as mortes ocorreram nas áreas rurais, em bairros onde agentes fazem inclusive a vacinação de casa em casa. Ao todo, 50.600 pessoas já foram vacinadas em Campo Limpo Paulista, número que representa 60% da população.

Febre amarela: Confira os locais para vacinação na região de Jundiaí

Horário estendido

A Unidade de Saúde Central de Campo Limpo Paulista funciona das 17h às 20h para a vacinação contra febre amarela. Cerca de 140 pessoas foram imunizadas no local nesta segunda-feira. Já em Jundiaí, a ação de combate aplicou a dose em 266 mil moradores, cerca de 80% da população. O município não tem registro de casos em humanos, segundo a prefeitura.

Itupeva

Um macaco foi recolhido pela Prefeitura de Itupeva, no Guacuri. A hipótese de febre amarela é remota, porque tinha ferimento na cabeça. As pessoas não devem matar macacos. Eles servem de alerta para os humanos se existe mosquito transmitindo o vírus da febre amarela.

Fonte: G1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad