Geraldo Alckmin assina contrato de concessão de aeroportos estaduais em Jundiaí - Itupeva Agora

Agora

18 julho, 2017

Geraldo Alckmin assina contrato de concessão de aeroportos estaduais em Jundiaí


Segundo o G1 em Cerimônia foi realizada no aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro, em Jundiaí. Contrato prevê investimento de mais de R$ 90 milhões em melhorias.

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou nesta terça-feira (18) o contrato de concessão de cinco aeroportos estaduais em uma cerimônia realizada em Jundiaí (SP), no aeroporto Comandante Rolim Adolfo Amaro. O contrato prevê que a empresa vencedora da licitação invista mais de R$ 93 milhões em melhorias no prazo de 30 anos, incluindo medidas de conforto aos passageiros e segurança aeroviária. Em quatro anos, por exemplo, o valor deve atingir R$ 30 milhões, cerca de R$ 20,5 milhões somente em Jundiaí.

É a primeira vez que aeroportos estaduais serão administrados pela iniciativa privada. Em contrapartida, a empresa apresentou um cheque de R$ 25 milhões durante a cerimônia, representando a outorga com base no valor calculado pelo governo para liberar a exploração dos aeroportos. Além do aeroporto de Jundiaí, a concessão compreende outros quatro: Artur Siqueira, em Bragança Paulista, e o Campo dos Amarais, em Campinas. No litoral, o consórcio assume a operação do aeroporto Gastão Madeira, em Ubatuba, e do Antônio Ribeiro Nogueira Jr., em Itanhaém.

Candidatura em 2018

Durante entrevista coletiva em Jundiaí, Alckmin declarou que está mais preparado para ser candidato à presidência da República em 2018, mas ressaltou que a decisão cabe ao partido.

"Ela é uma decisão coletiva. E segundo, além de ser uma decisão coletiva, também não é agora. A convenção é em julho do ano que vem. Agora, eu não defendo decidir na convenção porque é muito em cima da hora. Tudo que é improvisado é ruim. As coisas não podem ser improvisadas. Você precisa preparar." Sobre a candidatura à presidência em 2006, Alckmin afirma que perdeu "por pouco" para o ex-presidente Lula, frisando que o político era candidato a reeleição. "E o PT, naquela época, estava com tudo. Mesmo assim, ganhei a eleição no Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Roraima. Hoje eu to muito mais preparado."

Fonte: G1



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad