Futsal masculino perde nos pênaltis e fica com o vice nos Jogos Regionais - Itupeva Agora

Agora

Post Top Ad

18 julho, 2017

Futsal masculino perde nos pênaltis e fica com o vice nos Jogos Regionais


Tabus existem para serem quebrados. E na final do futsal masculino sub21 dessa 61ª Edição dos Jogos Regionais, disputada na manhã dessa segunda-feira (17), entraram em quadra dois times, cada um com o seu tabu. Enquanto que Itupeva buscava a conquista do título inédito, Alumínio tentava vencer pela primeira vez os itupevenses já que, em quatro confrontos anteriores nessa temporada, três pela Copa TV Tem e outro já pelos Regionais, saiu com a derrota. Infelizmente para os itupevenses, foi o rival que conseguiu derrubar o tabu e ficar com o título.

A partida, realizada na Arena Sorocaba, às 10h, teve todos os ingredientes de uma grande decisão, desde a torcida que apoiava e entusiasmava atletas dos dois lados, até a pressão de não cometer nenhum erro que poderia ser fatal. E como num clichê de uma história de futebol, o placar terminou em 1 a 1 e foi decidido nos pênaltis, por um gol. Itupeva encerrou sua participação nesses Jogos Regionais invicto, mas com o vice-campeonato.

“Eu não tenho do que reclamar da equipe ou da forma que atuamos, jogamos dentro do planejado. Qualquer erro hoje seria fatal, tanto que o jogo foi equilibrado demais, com poucas chances para os dois lados”, observou o técnico Cláudio Siani.


A partida começou com um banho de água fria no rival, já que Itupeva abriu o placar logo aos 10 segundos de jogo, com Júlio Cesar, em jogada rápida. Alumínio procurou não se abalar, o técnico pedia calma e o time foi para cima. Aos quatro minutos, Joeliton fez duas boas defesas e evitou o empate. Pouco depois, Júlio Cesar quase ampliou em uma bela jogada, mas, menos de um minuto após, em um bate rebate na quadra itupevense, a bola sobrou para o jogador de Alumínio, que não desperdiçou e empatou o jogo. Se no primeiro tempo o jogo seguiu com algumas chances para os dois lados, na etapa complementar o destaque ficou por conta da forte marcação de ambas as equipes, que tinham muita dificuldade em encontrar espaços para finalizar a gol. O equilíbrio seguiu até o final e o empate levou a partida para os pênaltis.

Itupeva iniciou as cobranças e Guilherme acabou parando em boa defesa do goleiro adversário. Na sequência, Alumínio não desperdiçou, assim como Júlio Cesar e Lucas dos Santos, por Itupeva, mas como o adversário acertou também as cobranças restantes, terminou ficando com o título, com a vitória nos pênaltis por 3 a 2.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad