Educação: Jundiaí inicia a entrega dos kits escolares - Itupeva Agora

Agora

13 junho, 2017

Educação: Jundiaí inicia a entrega dos kits escolares


Desde o início da manhã desta segunda-feira (12), a Unidade de Gestão da Educação deu início ao processo de distribuição dos kits escolares aos alunos do sistema municipal de ensino. A fim de otimizar o fornecimento do material aos estudantes, os kits estão sendo entregues nas próprias escolas e a distribuição ficará sob a coordenação dos diretores. A expectativa é de que até o fim desta semana o fornecedor conclua a entrega dos kits no Centro de Distribuição da unidade.

Para a diretora da Emeb José Leme do Prado, Ana Paula Freguglia, a entrega dos kits na própria escola é importante porque garante a universalização do acesso aos estudantes. “Se a entrega fosse feita em algum ponto fixo, haveria o risco de muitos pais não conseguirem buscar o material e alguns alunos não receberem. Além disso, o processo é muito mais prático feito desta forma”, comentou.
Outro ponto positivo, conforme opina a diretora da Emeb Nassib Cury, Débora Jansones, é a satisfação dos estudantes de receberem eles mesmos os kits. “O entusiasmo que eles demonstram é importante inclusive para que eles possam ter zelo pelo material ao longo do ano. Também fazemos a conferência do kit entregue junto com o aluno e isso garante transparência ao processo”, comentou.

De acordo com o gestor de Educação, José Antonio Parimoschi, a administração atual, depois de superar os entraves com o processo de aquisição, que teve que ser cancelado por determinação do Tribunal de Contas, está cumprindo o compromisso assumido com os pais e alunos da nossa rede. “Já estamos trabalhando para definir, junto com os diretores das escolas, as prioridades para 2018, para que esses atrasos não mais prejudiquem os alunos”, pontuou.


Atraso

É importante lembrar que o processo licitatório iniciado no ano passado não estava respaldado pela legalidade e foi impugnado pelo Tribunal de Contas do Estado de SP, em março – depois do início das aulas no dia 13 de fevereiro-, inviabilizando a compra dos kits. Diante disso, a atual gestão optou pela licitação que já estava em andamento no Ministério da Educação, que era a opção mais viável e rápida. A medida gerou uma economia de R$ 2 milhões aos cofres públicos.

Para garantir o início do ano letivo, a Unidade de Gestão de Educação encaminhou para as escolas municipais e unidades contratadas kits emergenciais montados com itens que estavam no estoque. “O aprendizado não foi comprometido por conta do atraso na entrega dos kits. Fizemos algumas adaptações e nenhum aluno foi prejudicado”, destacou a diretora Ana Paula. Ao todo, serão entregues três tipos de kits para os alunos, de acordo com o nível escolar. O kit da Educação Infantil (pré-escola) conta com agenda escolar, apontador, borracha, caderno de desenho, canetinha hidrográfica, cola branca, giz de cera, lápis de cor, lápis grafite, massa de modelar, pincel, tesoura sem ponta e tinta guache. São 8.755 kits para este segmento.

Alunos do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) receberão: apontador, borracha, canetinha, cola, giz de cera, lápis de cor, lápis grafite, régua, tesoura, quatro cadernos brochurão e um caderno de desenho. São 21.273 alunos nesta grade escolar. Já para os estudantes do 6º ao 9º ano serão entregues apontador, borracha, canetas esferográficas, esquadros 45° e 60°, lápis de cor, lápis grafite, régua, tesoura sem ponta, transferidor 180°, além de caderno de desenho e cadernos universitários. Foram adquiridos 300 kits para esse segmento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad