Torcida comparece ao ginásio e apoia até o final - Itupeva Agora

Agora

05 maio, 2017

Torcida comparece ao ginásio e apoia até o final


Como era de se esperar, a torcida itupevense foi ao ginásio Dorival Raymundo na noite desta quinta-feira (4) e apoiou as duas equipes de futsal da Prefeitura de Itupeva que jogaram pela Copa TV TEM. Era possível ver adultos, crianças e muitas famílias nas arquibancadas.
“Preparamos o ginásio para receber as famílias itupevenses, que prestigiam o esporte de Itupeva. Agradecemos muito a torcida de cada um”, comentou o secretário de Esportes e Lazer, Robinson Toledo.

Logo que os portões foram abertos, os torcedores foram tomando todos os espaços disponíveis das arquibancadas. Por questões de segurança, assim que a capacidade foi atingida, todos os acessos tiveram de ser fechados.

“Conheço o ginásio desde criança e nunca tinha visto ele tão lotado deste jeito”, afirmou Ricardo, conhecido como Kado.

A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar garantiram a segurança do local, que não registrou nenhum incidente grave.


Desde o início da noite, com o confronto entre Itupeva e Itu na semifinal feminina, a torcida já mostrou serviço: apoiou e embalou as atletas a cada chute e disputa de bola. “Vou gritar muito em todos os jogos. Estou torcendo muito para Itupeva ganhar”, contou o pequeno Rafael, de 8 anos.

As meninas empataram por 1 a 1 no tempo normal e perderam na disputa de pênaltis a chance de disputar a final. Sérgio Brajon estava entre as centenas de torcedores que lamentaram o ocorrido: “Sem dúvida é sempre muito bom chegar numa semifinal. As meninas estavam com um bom entrosamento, mas na hora dos pênaltis faltou um pouco de firmeza”.


Masculino – A noite ainda reservava o primeiro duelo da final do masculino, entre Itupeva e Itu. Assim que os jogadores entraram em quadra, a torcida aplaudiu e gritou, acreditando em um resultado positivo na primeira partida da decisão.

O apoio maciço mexeu com os atletas, que vinham sem nenhuma derrota na Copa TV Tem desde a estreia. “Acho que faltou um pouco mais de equilíbrio e concentração. Os meninos entraram afobados. Tanto que os gols só saíram no começo do jogo. Depois de um tempo, normalizou”, apontou Devani Ramos de Oliveira.

“Eu acho que o time entrou muito nervoso em quadra. Se eles conseguirem jogar mais soltos e mais leves, os gols saem naturalmente. Agora, no intervalo, tenho certeza que o Cláudio vai organizar o time e eles não vão tomar mais gol, e quem sabe, podemos reverter o placar”, afirmou o atleta Alexandre Zanutel, que estava na arquibancada mas compete por Itupeva em outros campeonatos, como a Copa Lance Livre. Naquele momento, o placar apontava 4 a 1 para Itu, resultado que permaneceu até o final.

Para ficar com o título, Itupeva precisa vencer o segundo jogo, na próxima segunda-feira (8), em Itu, por qualquer placar, para levar a decisão às penalidades. “Os meninos não podem desistir. Temos a chance de reverter o placar”, afirmou o torcedor Claudeci Nóbrega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad