Afinal, quanto Itupeva deve? 213 ou 130 milhões?



Prefeito Marcão Marchi afirmou que a cidade devia R$ 213 milhões imprensa oficial mostra que são R$ 130 milhões.

Quando assumiu a prefeitura de Itupeva, em janeiro ano, Marcão Marchi passou a divulgar o quanto a cidade devia a funcionários e fornecedores. A cada nova divulgação, a dívida aumentava, até que chegou ao valor de R$ 213 milhões. A dívida astronômica foi usada como desculpa para o corte de serviços e de investimentos em diversas áreas.

Na imprensa oficial desta semana, a prefeitura publicou o balanço, mostrando a dívida em dezembro de 2016 e em fevereiro de 2017 - uma contradição. A dívida consolidada é de pouco mais de R$ 130 milhões. Segundo lei de responsabilidade fiscal, a dívida consolidada é o total das obrigações, e isso inclui o que é previsto em lei, tratados, empréstimos, convênios, contratos para pagamento em até um ano.

Informações são do Jundiaí Notícias.

Outro lado

A prefeitura se manifestou através de sua assessoria de imprensa:

O total a que se referem diz respeito ao que a antiga gestão informou ao Tribunal de Contas do Estado de São Paulo até o ano passado. Neste ano, após determinação do prefeito Marcão Marchi, todas as contas do município foram analisadas durante 90 dias, a partir de janeiro. O valor total da dívida apurada é de R$ 213 milhões, isso somando-se a dívida já reconhecida pelo antigo governo (R$ 130 milhões) e mais os débitos pendentes e que ainda não tinham sido lançados.

Esses números só vão "bater" a partir do momento em que a Prefeitura reconhecê-los. De que forma? As dívidas serão negociadas e pagas para que possam entrar no balanço. Um exemplo: R$ 66 milhões dos R$ 80 milhões com o INSS já foram reconhecidos, pois foi feito o parcelamento e a primeira parcela inclusive já foi paga. Agora, resta o parcelamento dos R$ 14 milhões restantes.

Na próxima prestação de contas a ser feita ao TCESP esses números já aparecerão no balanço das dívidas do município.

0 comentários: