Manhã desta sexta-feira (28), foi marcada por protestos em Jundiaí


A rodovia Anhanguera voltou a ser interditada na manhã desta sexta-feira, agora na via sentido interior-capital. A via ficou obstruída por cerca de 15 minutos. A rodovia já tinha sido bloqueada por cerca de uma hora e meia na altura do quilômetro 60, sentido contrário devido a manifestação com a participação de 100 pessoas. O congestionamento atingiu quatro quilômetros.

A concessionária que administra a via obteve uma liminar na Justiça que impede qualquer bloqueio. Um representante da concessionária, junto com a polícia, conversou com os manifestantes, que não saíram da rodovia. A via foi totalmente liberada por volta das 7h20.

Os sete terminais de ônibus da cidade chegaram a ficar fechados da madrugada até a manhã desta sexta-feira, mas abriram por volta das 9h e os ônibus de todas as linhas já estão circulando pelas ruas da cidade normalmente. Por dia, 120 mil passageiros utilizam os ônibus da cidade.

A linha Rubi da CPTM, que passa pela região, também não está operando. Os trens que circulam da Estação da Luz, em São Paulo, até Jundiaí, recebem cerca de 426 mil passageiros por dia.

A marginal do rio Jundiaí, sentido Várzea Paulista (SP), foi bloqueada por manifestantes durante a madrugada. Eles queimaram pneus no trecho próximo a ponte que interliga as marginais direita e esquerda do rio. A via foi liberada por volta das 4h50 e a limpeza feita às 5h49. A Polícia Militar deu apoio no local.

Por volta das 7h30, funcionários públicos de Jundiaí se reuniram em frente à Câmara Municipal. Cerca de 200 pessoas participam da manifestação, que é pacífica. Outros grupos também manifestam em frente ao Departamento de Água e Esgoto (DAE) de Jundiaí e ao INSS. Um grupo manifestantes está percorrendo as ruas do centro de Jundiaí em direção à praça da Matriz. Segundo a Polícia Militar, cerca de 200 pessoas participam do ato pacífico. Há viaturas acompanhando o grupo.

Os comércios do Centro fecharam as portas temporariamente durante a manifestação, mas, segundo o sindicato da categoria, lojas deverão reabrir no início da tarde desta sexta-feira.

Fonte: G1

0 comentários: